30/07/2014

Nas nuvens....

E é isto que se sente quando um bebé nasce



37 semanas (quase, quase)

Cada vez mais ansiosa para conhecer a piolha. 
Vocês percebem-me, certo?




Sinto que está próximo, muito próximo o dia D, embora ainda não tenha as 37 semanas completas. O calor não ajuda e o tamanho da barriga já impede de chegar à maquina de costura (sem me provocar uma forte dor de costas). Tenho andado entretida em coser à mão ou a pintar/personalizar  swaddles e a tratar dos envios dos sprays mágicos

Enquanto vem e não vem, vai recebendo muitos miminhos, principalmente da mana mais velha que se derrete cada vez que sente a barriga mexer (e eu derreto-me por sentir que a Leonor já tem um carinho especial pela bebé Matilde).

27/07/2014

Refresque-se sem precisar de ar condicionado.

O Verão parece finalmente ter chegado.
Grávida ou não, o calor quando aperta é para todos. Como nem sempre é possivel ter o ar condicionado por perto, deixo algumas dicas para tornar a casa mais fresquinha:
1 – Cortinas fechadas
Quando menos luz do solar entrar, menos calor. Vale fechar as persianas, os estores, os cortinados. 
2 – Deixe a casa mais húmida
Aumentar a humidade do ar ajuda a diminuir a sensação térmica. E como se pode fazer isso? Se você não tiver um humidificador elétrico, deixe baldes/bacias com água pela casa ou toalhas molhadas para secar estendidas em cadeiras, por exemplo.
3 – Troque as lâmpadas
Lâmpadas incandescentes aquecem os ambientes, então troque por lâmpadas frias. 
4 – Optimize a ventoinha
Se estiver parado no sofá; direcione para si. Colocar uma garrafa de água congelada à frente - entre a ventoinha e você - ajuda a refrescar mais um pouco. Se possível, coloque a ventoinha na parede oposta à janela – assim mandará o ar quente para fora.
5 – Refresque-se!
Banhos frescos uma piscina ou no mar. Em casa, beber água fresca, chás gelados e gelados de frutas – têm mais água e menos gordura do que os gelados tradicionais.

26/07/2014

Como cortar a melancia em cubos - fácil




A Melancia é aquele fruto maravilhoso associado ao Verão. Refrescante, saboroso e saudável.
Uma só fatia não chega. Ideal para levar para a praia, para um pic-nic, um passeio, um final de tarde a ver o por do sol. Quase finger food pela facilidade de a comer.
Para ficar com uma apresentação perfeita para estas ocasiões eis um vídeo que mostra como cortar a melancia facilmente, em cubos.


25/07/2014

Vai uma bolachinha?





Quem teve uma lata destas e que usou para guardar as coisas da custura?


Descobri a minha à pouco tempo. 
Lá dentro ainda estão as roupinhas que fiz à mão para as minhas bonecas.
Um tesourinho :D


Comer pizza sem sujar loiça?

Uma ótima dica para os dias de férias!



Dividir e guardar a Pizza sem sujar loiça

24/07/2014

17 utilizações para as toalhitas de bebé


Já alguma vez pensou na utilidade das toalhitas de bebé, para além de limpar os rabitos destas criaturas fofas?
Confesso que desde que fui mãe que lhes descobri novas utilidades, são fáceis de transportar e estão (quase) sempre à mão:



1 - Lavar/limpar as mão quando não tem água em casa ou em passeio.

21/07/2014

Trufas de cenoura






São um ótimo lanche ou até mesmo uma sobremesa e uma excelente opção para colocar na lancheira dos mais pequeninos agora que vão começar as aulas.

Os Sprays Mágicos nas vossas casas.



O Kit de Sprays Mágicos foram viajar até umas casas onde existiam alguns monstros (ainda que fofinhos), e alguma relutância em adormecer e a precisar (só de vez em quando) de uma coragem extra.
Fiquem a conhecer o resultado ;)


A mãe Marta do Blog My Baby Blue Blog
AQUI



A mãe Patrícia, do blog Bicharocos Carpinteiros
AQUI



A mãe Marta, do blog Café, Canela e Chocolate
AQUIAQUI



A mãe Filipa, do Blog Rosa ou Azul
AQUI


A mãe Sofia, do blog 4D
AQUI





Qualquer semelhança com a realidade NÃO é pura coincidência







Qualquer semelhança com a realidade NÃO é pura coincidência.

Com 35 semanas e sinto-me assim... uma pinguim!

20/07/2014

Somos aquilo que comemos!


A jornalista Francine Lima tem um canal no YouTube chamado Do Campo à Mesa que todos devíamos ver. De uma forma clara, direta sobre a coisa mais importante que fazemos todos os  dias: comer.
Quando um fumador fica doente dos pulmões, não pode colocar a mão para o alto e dizer que não sabia, não é verdade? 
O mesmo se passa com a comida. 
Sim, pois quando ingerimos algo, devemos ter a consciência das consequências. Por isso é tão importante saber de onde vem o que comemos.

Ficam alguns vídeos que ilustram isso mesmo:






19/07/2014

5 formas de passar a roupa a ferro... sem ferro!

Se não tem planos de comprar ferro tão cedo ou em constantes viagens ou simplesmente não apetece e custa-lhe vestir a roupa amarfanhada? 
1 – No estendal e na gaveta
O primeiro passo para sua roupa não ficar tão amarrotada, é não demorar muito para tirá-la da máquina de lavar. Ao secar dobrada, vai ser pior. Por isso mesmo, pendure as peças muito bem esticadas, use molas de madeira e deixe o mínimo possível da roupa em contato com o estendal. Depois de seca, dobre e alise com a mão e coloque bem dobradinha dentro das gavetas, o peso das outras roupas dobradas vai ajudar a manter o visual liso.

15/07/2014

Kit de sprays mágicos





Para as crianças, muitas das ansiedades comuns da infância são reais. O medo de ir para dormir, o medo de monstros debaixo da cama, o medo de ir ao médico, medo de passar a noite fora da sua casa.

 Bons Sonhos, Xô-monstro e Super herói, são os sprays mágicos com aromas agradáveis (excepto para os monstros, claro), pensados na aromaterapia e feitos com ingredientes naturais.

As fragrâncias são agradáveis e únicas, com uma pitada de magia e brilho, acompanhadas de um mini-conto de fadas.








Disponíveis em embalagens de 50ml, podem ser vendida à unidade ou em kit.

Pode ler alguns testemunhos aqui

11/07/2014

As perolas mais preciosas são estas...



Quem tem filhos, sobrinhos, afilhados, sabe que, quando começam a falar, volta e meia estes mini seres, têm saídas que nos deixam boquiabertos, pela clareza de raciocínio ou doçura das expressões.... 
Frases, que se não forem apontadas/ registadas, acabamos por as esquecer e perdem-se no passado e ficamos sem registos de uma fase giríssima dos mais pequenos, que mais tarde vão gostar de recordar.
Com inspiração num desses momentos, a CutxieCutxie lança hoje uma forma de registar graficamente estas pérolas verbais.
Em tamanho A5, "art prints" de um valor inestimável, que poderá pendurar, emoldurar ou arquivar para 
mais tarde recordar.



10/07/2014

O Swaddle - o abraço de pano



O Swaddle - abraço de pano - da CutxieCutxie

Em musselina de algodão, 
fresco para o verão, para não causar o sobreaquecimento ao bebé.

Existe em cor branca e bege (crú)

Simples









O Swaddle - abraço de pano - da CutxieCutxie
Pintados à mão




Estrelas azuis






Corações Rosa









Embrulhar o bebé ou swaddle the baby

Alguns especialistas defendem que os primeiros 3 meses, após o nascimento do bebé  é ainda uma fase de adaptação para o bebé. É a Teoria da Extero-gestação ou 4º trimestre.

Podem ver alguns videos do pediatra americano Dr. Harvey Karp aqui

Em resumo, 
Nos primeiros três meses os bebês são tão imaturos que não conseguem identificar-se como um indivíduo único e estranham estar fora do corpo da mãe. Sentem muita necessidade de colo, aconchego, peito (não só alimento físico, como a representação de um local de segurança) e a separação dos pais pode causar muita angústia, o que é representado pelo choro. Não é manha, nem manipulação, simplesmente não sabem lidar com a ausência do calor, aconchego, e isso é mais pronunciado em alguns bebés. 





Há (quase) 3 anos, usei a técnica do swaddle para embrulhar a Leonor. Consiste em embrulhar o bebé, para simular o útero da mãe, e não tornar tão drástica a mudança do bebé. A Leonor foi uma bebé bastante chorona, e dava para perceber que se sentia muito mais tranquila quando era "abraçada" desta forma. Ficava tão pacifica que adormecia rapidamente e usei esta técnica vários meses depois.
 Ainda hoje, para dormir, gosta do aconchego dos lençóis, mesmo em noites quentes.




como embrulhar


A técnica do  shhhh também funcionou muito bem, mas isso fica para outro post ;)



O Swaddle - abraço de pano - da CutxieCutxie




E vocês, usaram esta ou outra técnica? 

09/07/2014

Um mimo, para aqueles que todos os dias ajudam a crescer os nossos pequenos amores


Já diz o ditado que: Quem meus filhos ama, minha boca adora!
E é bem verdade. São pessoas especiais que todos os dias ajudam as nossas crianças a crescerem, a traçarem o o futuro.
Para mim, todos estes mimos são pequenos. É certo que é o seu trabalho, mas a dedicação com que, diariamente o fazem,é fantástico e isso sente-se. Esta foi a forma que encontrei para agradecer, além de um grande e sentido obrigado.

Colares com sabor a Verão

Depois de 2 anos afastada da bijutaria, achei que era hora de voltar...
E em grande estilo, com a coleção Sabor a Verão.
Pequenas peças, simples, para mães e filhas.




08/07/2014

Manteiga Ghee ou Manteiga Clarificada, o ouro líquido.

A Manteiga Ghee nada mais é do que a manteiga sem água e sólidos do leite que ficam no produto. O processo de obtenção é simples: basta aquecer de modo controlado para a água evaporar e os sólidos se separarem da gordura, e pronto!
É usado em restaurantes de alta gastronomia para preparar molhos (Béarnaise, Hollandaise…); para saltear alimentos, uma vez que demora mais para queimar, ao contrário da manteiga normal. 
De modo geral,  substituí as outras gorduras (óleo, azeite) na preparação dos alimentos.




Reciclar latas de metal.

E do velho faz-se o novo.

Quando andei a pesquisar alternativas ao papel de parede, dei de caras com um material novo, o Panoah. É um artigo recente em Portugal e não se encontra ainda há venda em muitos locais. Consiste em tecido com a função de autocolante na parte de trás. Basta retirar a película que protege a cola e pode aplicar-se em praticamente todas as superfícies, desde que não gordurosas - dizem eles. 
Fiquei bastante curiosa. Mas desisti da ideia para forrar paredes, ia ficar carote :)



07/07/2014

Manteiga ou Margarina?

Nada parece ser tão polêmico há tanto tempo como as gorduras.
 Atualmente, ainda bem, já sabemos que existem duas categorias delas: as que ajudam nosso corpo a funcionar melhor e, por isso, são INDISPENSÁVEIS, e aquelas que realmente não fazem bem.
Uma dúvida que ainda existe é se a margarina é realmente melhor que manteigapor ser de origem vegetal. A ciência tem dessas coisas, mas (ainda bem!) evolui por meio de pesquisas. O que era ótimo ontem, pode não ser amanhã. Veja os casos do ovo, do abacate e do próprio coco: antigamente condenados, hoje queridíssimos da nossa saúde.

Six different fats on spatulas and spoons
Imagem retirada da web
Com o tempo, a manteiga foi sendo deixada de lado, cedendo seu espaço na mesa do café da manhã para a margarina que, por sua vez, ganhou o rótulo de alimento saudável, deixando para a primeira o estigma de vilã. Mas será que é mesmo assim tão melhor? 

QUAL A DIFERENÇA ENTRE MANTEIGA E MARGARINA?

A manteiga é de origem animal e feita da nata do leite batido. Ponto final. E a margarina? Bem, a margarina. É obtida através de um processo bem mais complexo. De origem vegetal, a margarina é resultado de um processo chamado hidrogenação. Nele, as moléculas de hidrogênio são incorporadas às de gordura de maneira artificial, em altas temperaturas. É o calor que transforma a gordura insaturada em parcialmente saturada. Também durante a hidrogenação, as moléculas de gordura viram gordura trans e saturadas. Isto muito resumidamente.

ENTÃO... MANTEIGA OU MARGARINA? MANTEIGA!

Em especial por causa das calorias, e das gorduras saturadas, a coitada da manteiga ficou  esquecida, pois supostamente engordaria e provocaria doenças cardíacas. Mas hoje a pouco e pouco começa a reconquistar o seu espaço.  Sabe-se, por exemplo, que o consumo da gordura transformada (da margarina) é nociva, e infelizmente está na maioria das margarinas! 
Já sobre a manteiga, descobriu-se que além do sabor e de ser um alimento natural, contém muito mais que se imaginava. 
Podem saber mais no blog da Pat Feldman, onde podemos ler em alguns dos posts que, a super deliciosa manteiga contém ácido burítico (bom para a saúde metabólica e intestinal, além de prevenir o cancro), vitamina A (antioxidante e facilita a digestão das proteínas) e ainda ajuda a prevenir a artrite e osteoporose, além de doenças na tiróide e outras. E esta hã?!?!
Só é preciso prestar atenção, porque como a maioria dos produtos industrializados, colocam ainda alguns aditivos. Por isso, o ideal é ler os ingredientes que a compõem. 

Além da manteiga, eu utilizo no meu dia a dia as seguintes gorduras (boas): azeite extra virgemóleo de coco e ghee (manteiga clarificada), além des frutas como abacate e côco, assim como as oleaginosas.
Mas como tudo na vida, o equilíbrio na hora de a consumir é o rei. 
O importante, acima de tudo, é pensar na origem do que se come.

Descascar cebolas sem chorar

imagem retirada da web



Quem já cortou uma cebola sabe bem o ardor que pode provocar nos nossos olhos, a ponto de nos fazer chorar.
A cebola é composta com umas pequenas cápsulas. Ao cortarmos a cebolaalgumas dessas cápsulas  rompem-se, deixando escapar alguns compostos. Um desses compostos é formado por enxofre. Esse composto, quando em contacto com o ar, transforma-se num gás e espalha-se.

Quando esse gás entra em contacto com os nossos olhos, reage com a água e forma uma solução de ácido sulfúrico. 
Esse ácido, causa a irritação nos nossos olhos, fazendo-os arder. Com o ardor, as nossas glândulas lacrimais começam a produzir lágrimas com a finalidade de lavar os olhos, na tentativa de eliminar o ácido sulfúrico, o causador do ardor. 


Mas como não lacrimejar enquanto corta as cebolas?
Quando começar a descascar as cebolas, coloque um pouco de líquido (água, sumo, vinho...) na boca e enquanto cortar a cebola deixe-se ficar com o líquido na boca.
Tenho ouvido muitas sugestões, mas esta tem resultado muito bem.


imagem retirada da web

Testado e aprovado!

ArtPrint - As ilustrações

Com a decoração do quarto das manas CutxieCutxie, as ilustrações vão surgindo.






Começo a tomar-lhe o gosto :)