18/11/2014

Slings CutxieCutxie

Mais perto do seu coração...  CutxieCutxie wrap sling: bebés calmos, pais felizes!
Conheça o Wrap Sling e como usá-lo: Assista aos vídeos explicativos! Qualquer dúvida não hesite em nos contatar através do formulário de contato.



Estudo científicos comprovam que o uso de um Baby Sling (BabyWearing):
  • Reduz choro, cólicas e refluxo – melhora a digestão pelo movimento constante e a posição vertical, e supre a necessidade de contato físico do bebé.
  • Os bebés dormem mais e melhor – com o embalo contínuo e ouvindo o coração da mãe, ou do pai, o bebé sente como no útero novamente.
  • Os bebés ficam mais calmos, alertas e aprendem mais.


  • Vêem o mundo do ponto de vista dos adultos – os bebés sentem-se mais integrados à rotina familiar, melhorando sua capacidade de comunicação e interatividade.
  • Bebés mais saudáveis e com melhor desenvolvimento – bebés carregados constantemente têm melhor habilidade motora, senso de equilíbrio e coordenação.
  • Previne contra deformações do crânio devido ao uso excessivo da espreguiçadeira ou cadeirinhas de bebé.



  • Praticidade: você ganha seus braços de volta – as suas mãos ficam livres para as atividades do dia-a-dia e seus braços não tão cansados nem doloridos.
  • Facilita as saídas de casa – você sabe que, mesmo fora de casa, seu bebé estará seguro e confortável.
  • Você não depende de calçadas apropriadas para carrinhos – você pode ir onde quiser: subir e descer escadas, usar transporte público, caminhar por trilhas, etc.

  • Garante a privacidade e evita hiper-estimulação – mesmo no meio da multidão evita que seu bebé esteja exposto em demasia e ele sente-se mais seguro e protegido.
  • Melhora a comunicação entre mães/pais e o bebé – satisfaz melhor as necessidades do seu bebé já que percebe os sinais mais subtis dele.
  • É um ótimo exercício – melhora sua condição física de uma forma mais prazerosa do que ir ao ginásio.



  • Melhora os laços entre pais e filhos – mães têm uma vantagem de 9 meses no relacionamento íntimo com o bebé. O uso do Baby Sling dá a oportunidade para os pais e outros membros da família desenvolverem intimidade através dessa aproximação e contato físico.
  • Evita dor nas costas - distribui o peso de seu bebé sobre os dois ombros e a coluna.
  • Permite o contato direto pele-a-pele: o CutxieCutxie Wrap Sling é ideal para o método mãe canguru com prematuros e recém-nascidos. (Note que nos outros slings, como o pouch ou com argolas, existe uma camada de tecido entre você e o bebê. No Wrap Sling não.)



  • Provê uma posição fisiológica adequada para o bebé - ao contrário de outros carregadores, no CutxieCutxie Wrap Sling a coluna e o quadril do bebê estão bem apoiados, impedindo que as pernas fiquem penduradas e sem exercer pontos de pressão. Isto evita displasia de quadril.
  • Dá o suporte necessário para a cabeça e o pescoço do bebé, inclusive quando está a dormir.




  • É o mais versátil dos slings e carregadores de bebés – infinitas posições possíveis: de frente, vertical, deitado, sentado de lado, nas costas, etc.
  • Adequa-se a todos os tamanhos de bebé - e praticamente todos os tamanhos de adultos, podendo ser usado tanto pela mãe, quanto pelo pai.






  • Fácil de aprender a usar – surpreenda-se o quão rápido você vai aprender a amarração básica! Assista aos vídeos explicativos (em breve aqui).
  • Coloque e tire o seu bebé rapidamente – e sem ter que reamarrar o Wrap Sling toda a vez que usar.


  • Recomendado para uso com bebés desde recém-nascido, incluindo prematuros, até crianças de 22kg ou dois anos (ou enquanto você se sentir confortável). Praticamente não tem limite.
  • Tecido maleável – malha de algodão de primeira qualidade,  super penteada. O material mais macio e mais indicado para estar em contato com a pele do seu bebé.
  • Permite a amamentação discreta em lugares públicos, evitando constrangimentos.


  • Aplicação de estampas –  para o toque fashion, já que o seu sling faz parte de sua vestimenta diária. O retalho aplicado é 100% algodão e além de lindo, indica o meio do Wrap facilitando a amarração. A estampa também dá mais firmeza para suportar a coluna do bebé e evita que o tecido ceda durante o uso.
  • É o presente ideal para novos pais. Vem pronto, com explicações de uso. Vai fazer sucesso.

* imagens retiradas da web

06/11/2014

Maria Castanha e o S.Martinho


.

Era uma vez a Maria Castanha...
Esta é a nossa ;)
Conheçam a história da Maria Castanha

29/10/2014

Para os xixis mais atrevidotes

PEEWES

For Boys only! Para acalmar os xixis mais atrevidotes.
Pequenos chapéus para que na hora de mudar a fralda não haja xixis de surpresas.

21/10/2014

Leite de arroz e frutos secos



Na gravidez da M. notei que tive mais predisposição para não tolerar bem a lactose. Os iogurtes, principalmente os gregos, pesavam no estômago e depois do nascimento o mesmo sintoma permanece e reflete-se até ao amamentar a pequena, com as cólicas (quando não bebo leite a cachopa fica ok).
Então resolvi dar folga ao leite, que me acompanhava sempre o pequeno almoço. Não tenho sentido a falta, mas quando os dias mais frescos chegarem sei que vou sentir a falta do aconchego de uma bebida quente como por exemplo o tipico galão matinal. As alternativa são os chás/infusões ou os leites vegetais.

Hoje apresento-vos uma experiência que, no meu ponto de vista funcionou muito bem. É econômico e delicioso pelo toque dos frutos secos ;)


15/10/2014

Teoria Dustan - Interpretar o choro do bebé


Imagine o cenário: são dez horas da noite, e depois de um dia exaustivo de trocas de fralda, de roupa, amamentação, o seu bebê começa a chorar, sem parar. Você tenta amamentá-lo novamente (as mães acham que é fome, normal), vê se a fralda está suja (e não estava), pensa que podem ser cólicas, ou que ele está com sono. Tenta de tudo, mas ele continua a chorar. Até que o bebê arrota e pára de chorar instantaneamente! Aí  pensa: por que esse bichinho aqui não veio com tradutor de choro?
Já ouviu falar na Linguagem Dunstan? Trata-se de uma teoria criada pela australiana Priscilla Dunstan, de que os bebês dos 0 a 3 meses comunicam através de sons reflexos (ou seja, não aprendidos e que por isso independem da língua materna dos pais). São 5 sons que expressam fome, cansaço, necessidade de arrotar, gases e desconforto (de outra origem) e que o bebê emite antes de começar a chorar desesperadamente. E quanto mais rápido os pais responderem a essa necessidade, seja através da amamentação, colocando-o para dormir, para arrotar, ou aliviando seu desconforto, menos choro e maior conforto para o bebê. 
De acordo com a linguagem Dunstan, os 5 sons básicos são:
- Neh: significa estou com fome
- Owh: significa estou cansado
- Heh: significa estou desconfortável (pode ser uma fralda suja, calor ou frio, por exemplo)
- Eairh: significa estou com gases (seria o caso de fazer uma massagem para aliviar o bebê)
- Eh: significa preciso arrotar
Pode parecer difícil de imaginar como são esses sons, mas pode ouvir alguns videos que existem no youtube. ena internet que dão uma ideia para as mães interessadas; vejam alguns links com exemplos bem práticos:




Por aqui tornou-se mais fácil de perceber as necessidades da pequena M. Experimentem a escutá-los ;)



06/10/2014

Cutxie Cutxie Festas - Xerife Callie

As festas andaram um pouco adormecidas mas com a chegada do aniversário da Leonor, e com um tema tão particular, vi-me coagida a regressar e soube tão bem...

Novo tema "in the house" Xerife Callie.
Uma série de desenhos animados que passa no Disney Junior, onde uma gatinha amorosa e os seus pequenos amigos ajudam a combater o crime (inexistente, aliás).


Assim que estiver terminado, passo por aqui para vos mostrar tudinho, aqui

24/09/2014

Maternidade tecnológica - parte II


Com uma criança , nasce a necessidade de guardar cada momento, cada conquista, cada sorriso.
Com a evolução da tecnologia, tirar fotografias ficou ao alcance de todos. Tenho centenas da L. e da M. irá acontecer o mesmo. Embora as guarde em pastas especificas, datadas e com algumas anotações, quando tenho aqueles ataques de saudade de "Ai quando eras pequenina" gosto de relembrar de forma fácil e rápida.

Peekaboo Moments é uma aplicação que pode ser instalada no telemóvel e onde guarda cronologicamente cronologicamente fotografias, videos, cartas, memórias para mais tarde partilhar com os seus filhos.
Um álbum de recordações digital, para que, quem está longe também possa acompanhar o crescimento dos seus filhos de forma privada e exclusiva.
Vale a pena experimentar.






23/09/2014

Maternidade tecnológica.

Dou por mim a pensar que ser mãe/pai há 30, 40, 50 anos atrás era algo complicado, se compararmos com as facilidades que agora temos. Temos fraldas descartáveis ou ecológicas (mas que são impermeáveis), temos máquinas de lavar/secar, montanhas de roupas, acessórios para entreter o bebé, medicina muito mais avançada que asseguram um bem estar ao bebé que outrora era tratada com rezas e mezinhas. No presente temos a tecnologia do nosso lado que contribui com uma ajuda preciosa com um mar, aliás oceano de apps para uma recém mamã/papá.


Uma aplicação que monitoriza o sono do bebé. Ideal para avisar quando o bebé acorda.
O telemovel com a aplicação instalada, fica na divisão onde está o bebé e quando este se mexe ou acordar dá sinal para um outro telemóvel que podemos escolher (este não necessita de ter a aplicação instalada). 
Bastante eficaz, optimo para quando vamos de visitar e nos esquecemos dos monitores, o melhor de tudo... é free ;)

28/08/2014

Não, não desapareci!

Tenho andado ausente, eu sei. Os últimos dias tenho andado altamente empenhada nestas lides, tão fielmente reproduzidas, nesta deliciosa animação!

Manual de instruções - Como lidar com um recém nascido!



A bebé Matilde tem sido uma bebé muito bem comportada, pelo menos até ver nestes seus 17 dias de vida. Ainda assim, é toda uma nova logística e uma nova fase de adaptação.
A pouco e pouco a nova rotina vai sendo construída e assim que estiver em estabelecida, a CutxieCutxie volta em plena ação. Prometo!

07/08/2014

Como dar mais tempo de vida às bananas?

A banana é aquele fruto que gosto de ter sempre em casa.
Cheia nutrientes, sabor agradável, fácil de comer e de transportar.
O único inconveniente que é passam da "hora" num instante. Compro-as ainda com o toque de verde, e quando dou por elas passado 2 ou 3 dias já estão num ponto que já não lhe achamos grande piada.
Mas o que fazer para que durem mais tempo?


Tão simples quanto separar as banas e enrolar o "pézinho" com película aderente.
A validade prolonga-se por mais três ou quatro dias.

E quem o diz não sou sou eu, é a ciência ;)

Bananas, like many fruits, naturally release the gases that control browning and ripening. Much of the gasses escape from the stems, or the crowns, so by wrapping the crowns, you are able to slow down the ripening process a bit.
Paraphrased from an article found on LifeHacker
Informação retirada daqui

É tão bom quando se sabe que a fadinha CutxieCutxie anda a ajudar os nossos pequenos heróis

                                                                    Espreitem só AQUI


30/07/2014

Nas nuvens....

E é isto que se sente quando um bebé nasce



37 semanas (quase, quase)

Cada vez mais ansiosa para conhecer a piolha. 
Vocês percebem-me, certo?




Sinto que está próximo, muito próximo o dia D, embora ainda não tenha as 37 semanas completas. O calor não ajuda e o tamanho da barriga já impede de chegar à maquina de costura (sem me provocar uma forte dor de costas). Tenho andado entretida em coser à mão ou a pintar/personalizar  swaddles e a tratar dos envios dos sprays mágicos

Enquanto vem e não vem, vai recebendo muitos miminhos, principalmente da mana mais velha que se derrete cada vez que sente a barriga mexer (e eu derreto-me por sentir que a Leonor já tem um carinho especial pela bebé Matilde).

27/07/2014

Refresque-se sem precisar de ar condicionado.

O Verão parece finalmente ter chegado.
Grávida ou não, o calor quando aperta é para todos. Como nem sempre é possivel ter o ar condicionado por perto, deixo algumas dicas para tornar a casa mais fresquinha:
1 – Cortinas fechadas
Quando menos luz do solar entrar, menos calor. Vale fechar as persianas, os estores, os cortinados. 
2 – Deixe a casa mais húmida
Aumentar a humidade do ar ajuda a diminuir a sensação térmica. E como se pode fazer isso? Se você não tiver um humidificador elétrico, deixe baldes/bacias com água pela casa ou toalhas molhadas para secar estendidas em cadeiras, por exemplo.
3 – Troque as lâmpadas
Lâmpadas incandescentes aquecem os ambientes, então troque por lâmpadas frias. 
4 – Optimize a ventoinha
Se estiver parado no sofá; direcione para si. Colocar uma garrafa de água congelada à frente - entre a ventoinha e você - ajuda a refrescar mais um pouco. Se possível, coloque a ventoinha na parede oposta à janela – assim mandará o ar quente para fora.
5 – Refresque-se!
Banhos frescos uma piscina ou no mar. Em casa, beber água fresca, chás gelados e gelados de frutas – têm mais água e menos gordura do que os gelados tradicionais.

26/07/2014

Como cortar a melancia em cubos - fácil




A Melancia é aquele fruto maravilhoso associado ao Verão. Refrescante, saboroso e saudável.
Uma só fatia não chega. Ideal para levar para a praia, para um pic-nic, um passeio, um final de tarde a ver o por do sol. Quase finger food pela facilidade de a comer.
Para ficar com uma apresentação perfeita para estas ocasiões eis um vídeo que mostra como cortar a melancia facilmente, em cubos.


25/07/2014

Vai uma bolachinha?





Quem teve uma lata destas e que usou para guardar as coisas da custura?


Descobri a minha à pouco tempo. 
Lá dentro ainda estão as roupinhas que fiz à mão para as minhas bonecas.
Um tesourinho :D


Comer pizza sem sujar loiça?

Uma ótima dica para os dias de férias!



Dividir e guardar a Pizza sem sujar loiça

24/07/2014

17 utilizações para as toalhitas de bebé


Já alguma vez pensou na utilidade das toalhitas de bebé, para além de limpar os rabitos destas criaturas fofas?
Confesso que desde que fui mãe que lhes descobri novas utilidades, são fáceis de transportar e estão (quase) sempre à mão:



1 - Lavar/limpar as mão quando não tem água em casa ou em passeio.

21/07/2014

Trufas de cenoura






São um ótimo lanche ou até mesmo uma sobremesa e uma excelente opção para colocar na lancheira dos mais pequeninos agora que vão começar as aulas.

Os Sprays Mágicos nas vossas casas.



O Kit de Sprays Mágicos foram viajar até umas casas onde existiam alguns monstros (ainda que fofinhos), e alguma relutância em adormecer e a precisar (só de vez em quando) de uma coragem extra.
Fiquem a conhecer o resultado ;)


A mãe Marta do Blog My Baby Blue Blog
AQUI



A mãe Patrícia, do blog Bicharocos Carpinteiros
AQUI



A mãe Marta, do blog Café, Canela e Chocolate
AQUIAQUI



A mãe Filipa, do Blog Rosa ou Azul
AQUI


A mãe Sofia, do blog 4D
AQUI





Qualquer semelhança com a realidade NÃO é pura coincidência







Qualquer semelhança com a realidade NÃO é pura coincidência.

Com 35 semanas e sinto-me assim... uma pinguim!

20/07/2014

Somos aquilo que comemos!


A jornalista Francine Lima tem um canal no YouTube chamado Do Campo à Mesa que todos devíamos ver. De uma forma clara, direta sobre a coisa mais importante que fazemos todos os  dias: comer.
Quando um fumador fica doente dos pulmões, não pode colocar a mão para o alto e dizer que não sabia, não é verdade? 
O mesmo se passa com a comida. 
Sim, pois quando ingerimos algo, devemos ter a consciência das consequências. Por isso é tão importante saber de onde vem o que comemos.

Ficam alguns vídeos que ilustram isso mesmo:






19/07/2014

5 formas de passar a roupa a ferro... sem ferro!

Se não tem planos de comprar ferro tão cedo ou em constantes viagens ou simplesmente não apetece e custa-lhe vestir a roupa amarfanhada? 
1 – No estendal e na gaveta
O primeiro passo para sua roupa não ficar tão amarrotada, é não demorar muito para tirá-la da máquina de lavar. Ao secar dobrada, vai ser pior. Por isso mesmo, pendure as peças muito bem esticadas, use molas de madeira e deixe o mínimo possível da roupa em contato com o estendal. Depois de seca, dobre e alise com a mão e coloque bem dobradinha dentro das gavetas, o peso das outras roupas dobradas vai ajudar a manter o visual liso.

15/07/2014

Kit de sprays mágicos





Para as crianças, muitas das ansiedades comuns da infância são reais. O medo de ir para dormir, o medo de monstros debaixo da cama, o medo de ir ao médico, medo de passar a noite fora da sua casa.

 Bons Sonhos, Xô-monstro e Super herói, são os sprays mágicos com aromas agradáveis (excepto para os monstros, claro), pensados na aromaterapia e feitos com ingredientes naturais.

As fragrâncias são agradáveis e únicas, com uma pitada de magia e brilho, acompanhadas de um mini-conto de fadas.








Disponíveis em embalagens de 50ml, podem ser vendida à unidade ou em kit.

Pode ler alguns testemunhos aqui

11/07/2014

As perolas mais preciosas são estas...



Quem tem filhos, sobrinhos, afilhados, sabe que, quando começam a falar, volta e meia estes mini seres, têm saídas que nos deixam boquiabertos, pela clareza de raciocínio ou doçura das expressões.... 
Frases, que se não forem apontadas/ registadas, acabamos por as esquecer e perdem-se no passado e ficamos sem registos de uma fase giríssima dos mais pequenos, que mais tarde vão gostar de recordar.
Com inspiração num desses momentos, a CutxieCutxie lança hoje uma forma de registar graficamente estas pérolas verbais.
Em tamanho A5, "art prints" de um valor inestimável, que poderá pendurar, emoldurar ou arquivar para 
mais tarde recordar.



10/07/2014

O Swaddle - o abraço de pano



O Swaddle - abraço de pano - da CutxieCutxie

Em musselina de algodão, 
fresco para o verão, para não causar o sobreaquecimento ao bebé.

Existe em cor branca e bege (crú)

Simples









O Swaddle - abraço de pano - da CutxieCutxie
Pintados à mão




Estrelas azuis






Corações Rosa









Embrulhar o bebé ou swaddle the baby

Alguns especialistas defendem que os primeiros 3 meses, após o nascimento do bebé  é ainda uma fase de adaptação para o bebé. É a Teoria da Extero-gestação ou 4º trimestre.

Podem ver alguns videos do pediatra americano Dr. Harvey Karp aqui

Em resumo, 
Nos primeiros três meses os bebês são tão imaturos que não conseguem identificar-se como um indivíduo único e estranham estar fora do corpo da mãe. Sentem muita necessidade de colo, aconchego, peito (não só alimento físico, como a representação de um local de segurança) e a separação dos pais pode causar muita angústia, o que é representado pelo choro. Não é manha, nem manipulação, simplesmente não sabem lidar com a ausência do calor, aconchego, e isso é mais pronunciado em alguns bebés. 





Há (quase) 3 anos, usei a técnica do swaddle para embrulhar a Leonor. Consiste em embrulhar o bebé, para simular o útero da mãe, e não tornar tão drástica a mudança do bebé. A Leonor foi uma bebé bastante chorona, e dava para perceber que se sentia muito mais tranquila quando era "abraçada" desta forma. Ficava tão pacifica que adormecia rapidamente e usei esta técnica vários meses depois.
 Ainda hoje, para dormir, gosta do aconchego dos lençóis, mesmo em noites quentes.




como embrulhar


A técnica do  shhhh também funcionou muito bem, mas isso fica para outro post ;)



O Swaddle - abraço de pano - da CutxieCutxie




E vocês, usaram esta ou outra técnica?