25/06/2013

Que máquina de costura?



Como a costura, para mim, comçou a ser apenas um hobbie, o cuidado na compra da máquina recaiu apenas no factor preço e na altura pareceu-me a melhor opção.
A bom dizer, a actual máquina tem cumprido todas as suas obrigações e mais algumas. Tenho posto à prova em duras tarefas como coser várias camadas de tecido, alguns bem grossos, outros tãos leves e delicados e ainda não me deixou ficar mal.

É a máquina de costura Silvercrest, comercializada no Lidl.
Resumo da máquina: 
33 pontos de adorno com agulha dupla para costurar e sobrecoser;
* Programas de casear (4 níveis) e pregar botões;
* Ideal para costurar tecidos delicados ou elásticos, assim como perfurar tecidos mais densos;
* Sistema automático de bobinagem da canela e botão para retroceder;
* Caixa de acessórios integrada na mesa;
* Inclui capa de protecção e lâmpada de 15 W


Mas a minha companhaira de viagem das costuras está começar a acusar o cansaço. Noto, sinto!
Estes últimos meses tem trabalhado muito.




A questão é, e agora, que máquina de costura devo comprar/adquirir.
Tenho de assumir que sou uma tecidoólica anónima, e o hobbie passou a ser uma atividade diária.
Para além de bolsas, carteiras e malas, iniciei-me também no mundo das roupa para criança.
Desconhecia o mundo das máquinas e a oferta é tanta que ando confusa. 
Desta vez, não poderei olhar ao valor da máquina como o principal factor.
A ideia é uma máquina que seja competente, mas que me dê liberdade para crescer na nesta actividade.
A pesquisa tem sido uma mais valia...
Se houver alguém desse lado que queira contribuir com uma opinião, será bem vinda.
A ver vamos qual será o desfecho, depois venho cá contar.

Sem comentários:

Enviar um comentário